Prefeitura pede conscientização de donos de bares sobre restrição de horários

11/05/2021 | Afonso Henrique Coelho Dantas

O secretário de Indústria, Comércio, Emprego e Renda, Ricardo Xavier, pediu a compreensão e a conscientização de donos de bares, restaurantes e congêneres para que cumpram os decretos que estabelecem horários de funcionamento do comércio e restrições na circulação noturna de pessoas em Itabuna, diante do quadro instável que ainda paira em decorrência da Covid-19.

O assunto será o tema de reunião nesta quarta-feira, dia 12, de secretários municipais, Guarda Civil Municipal e o comando das forças policiais. A proposta é discutir novas estratégias para medidas de segurança e a sobre a Operação Oxigênio, que visa o cumprimento das restrições de circulação noturna. Na oportunidade também serão avaliados novos casos e mortes causadas pela Covid-19, com base em estudos das universidades estadual (Uesc) e federal (UFSB).

Na manhã de hoje, Ricardo Xavier recebeu representantes da Câmara dos Dirigentes Lojistas, Associação Comercial e Empresarial e da Associação de Bares e Similares de Itabuna quando foram discutidas questões relativas ao descumprimento das medidas restritivas por alguns dos donos de bares e restaurantes, apesar das recomendações da Prefeitura por meio de autoridades sanitárias.

“Infelizmente, essa atitude de alguns tem prejudicado os demais que cumprem as leis e decretos rigorosamente”, destacou o presidente da Associação dos Bares, Rogério Sbordelato. Já o presidente da CDL, Carlos Leahy, disse que o encontro com o secretário foi positivo ao reconhecer que o município está aberto ao diálogo e à negociação e não tem interesse em prejudicar os comerciantes, muitos dos quais já enfrentam a crise causada pela pandemia há de mais de um ano.

Leahy também concordou com o secretário Xavieir que fez a opção pela realização de uma campanha de conscientização para que todos possam cumprir o que determinam os decretos restritivos. “Sabemos que tais medidas não são boas. Mas, necessárias para que possamos nos livrar o quanto antes desse mau que atinge a todos, indistintamente”, concluiu.
___________
Departamento de Comunicação Social
Secretaria de Relações Institucionais e Comunicação