Hospital de Base recebe a doação de mais cinco capacetes para pacientes Covid-19

16/03/2021 | Afonso Henrique Coelho Dantas

Mais cjnco capacetes para pacientes em estado grave que necessitam de ventilação em leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) foram doados ao Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, mantido pela Fundação de Atenção à Saúde de Itabuna (Fasi). Os equipamentos chegaram depois da boa repercussão de que a unidade está usando helmet em vez de intubar pacientes.

A Diretoria Médica do Hospital de Base informou que um grupo de empresários está se mobilizando para aumentar a oferta de capacetes. Ela explicou que a experiência foi levada à unidade pelos fisioterapeutas Marcone Andrade e Bruno Petrucelli. Em Itabuna, a técnica já vem sendo utilizada no Hospital Calixto Midlej Filho, da Santa Casa de Misericórdia.
é
Toda a cabeça do paciente é recoberta com o material que é macio e transparente e de fácil utilização pelo paciente e manuseio dos profissionais da UTI. Com o ventilador não invasivo em formato de capacete, os pacientes aceleram a recuperação com um método não invasivo, mas com capacidade de auxiliar o tratamento da insuficiência respiratória aguda.

Na unidade UTI, pacientes com quadro grave da Covid-19 usam os capacetes com a função de fazer uma ventilação contínua não invasiva por tas período de sessões. Em média, cada sessão dura entre uma hora e uma hora e meia, por dois ou três dias de acordo com o médico Eduardo Kovalski Neto, diretor-presidente da Fasi, que liderou um grupo de médicos e funcionários que fizeram a primeira doação.

____________
Departamento de Comunicação Social
Secretaria de Relações Institucionais e Comunicação