Augusto Castro autoriza mais dois gripários para o enfrentamento da Covid-19

26/02/2021 | Afonso Henrique Coelho Dantas

O prefeito de Itabuna, Augusto Castro, determinou a Secretaria Municipal de Saúde a instalação de dois novos gripários na Rede de Atenção Básica para atender pacientes com sintomas do novo coronavírus ou assintomáticos ou com síndrome respiratória aguda grave (SRGA). Ele também orientou que as unidades funcionassem em pontos estratégicos da cidade, entre 16 de 22 horas.
Por isso, a Secretaria de Saúde definiu que os gripários passarão a funcionar na Unidade Básica de Saúde Möise Hage, no Bairro Lomanto Júnior, e na Unidade de Saúde da Família Renan Moreira, no Parque Boa Vista. A SRAG é uma síndrome que pode ser causada por diversas doenças, inclusive pela Covid-19.
Para abrir as novas unidades de atendimento para pacientes assintomáticos, com sintomas da Covid-19 ou síndrome respiratória grave estão sendo contratados, em caráter emergencial, mais profissionais médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem.

Atualmente, outros dois gripários já estão funcionamento há 15 dias na Unidade de Saúde José Maria de Magalhães Neto (antigo Sesp), no centro da cidade, e na Unidade Básica de Saúde José Edites, no Bairro São Caetano. Também entre 16 e 22 horas. Nas demais horas do dia os atendimentos ambulatoriais continuam.
Segundo a secretária municipal de Saúde, Lívia Mendes Aguiar, a previsão é que os novos gripários já estejam em funcionamento a partir de segunda-feira, dia 1º de março. Ela explica que o objetivo é reduzir a demanda por atendimento primário na Unidade de Pronto Atendimento – UPA 24 Horas, no Bairro Monte Cristo, bem como nos pronto atendimento dos hospitais.
A supervisora do Departamento de Atenção Básica da Secretaria de Saúde, Alessandra Lopes, informa que para o atendimento, os profissionais de saúde estão aptos a realizar a triagem, testagem rápida, encaminhamentos para consultas, ou para a UPA – 24 Horas.
“O nosso objetivo é ampliar os espaços de atendimento exclusivo destinado à Covid-19, na perspectiva de tornar mais racional possível os serviços de urgência oferecidos na UPA 24 Horas”, afirma Alessandra Lopes.

Por isso, ela pediu que, em casos suspeitos, com sintomas de gripe, tosse seca ou febre, por exemplo, a população busque atendimento imediato nos gripários, evitando o deslocamento desnecessário a outras unidades de urgência e emergência.