Profissionais de clínicas particulares imunizados contra a Covid-19 em Itabuna

29/01/2021 | Afonso Henrique Coelho Dantas

“Hoje, no meu aniversário, ganhei um importante presente, a imunização contra o novo coronavírus. Confesso que me senti privilegiada e mais esperançosa”. A declaração é da técnica de enfermagem Samara Cristina de Oliveira Barreto. Ele é funcionária da Clínica 28 de Julho e uma das profissionais incluídas no Plano de Vacinação elaborado por técnicos da Prefeitura de Itabuna.

A imunização durante essa sexta-feira acontece no Centro de Saúde José Maria de Magalhães Neto (antigo Sesp). Hoje 537 doses aplicadas. Cerca de 700 profissionais de 67 clínicas médicas, odontológicas, de fisioterapia, dentre outras receberão doses das vacinas, conforme o cronograma da Coordenação da Rede de Frio em parceria com o Departamento de Vigilância da Saúde da Secretaria Municipal de Saúde.

A coordenadora de Imunização e da Rede de Frio, Camila Britto, informa que a segunda dose da vacina está garantida para esses profissionais já imunizados nessa primeira fase, embora ainda sem data já que depende de mais doses dos imunizantes pelo Ministério da Saúde e Secretaria de Saúde da Bahia.

Camila também está otimista com relação a esta campanha. Ela disse que foi grande a procura por parte dos profissionais de saúde da rede particular. Por isso, a meta estimada em 95% será atingida sem dificuldades. “É muito diferente de outras campanhas de imunização já realizadas em Itabuna”, atesta.

O processo de vacinação no antigo Sesp está mobilizando 12 profissionais de saúde que aplicam os imunizantes da Oxford/AstraZenica, importados da Índia, e a Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com chinesa Sinovac.

Camila diz ainda que a campanha de vacinação contra a Covid-19 é o resultado de um esforço do prefeito Augusto Castro que desde o ano passado procurou o Instituto Butantan em busca de vacinas.

sAlém disso, também há mobilização do poder público (municípios, estados e a União) para a imunização dos profissionais de saúde, idosos acima de 60 anos e outros grupos de risco constantes do Programa Nacional de Imunização.

__________
Departamento de Comunicação Social
Secretaria de Relações institucionais e Comunicação