TRANSIÇÃO MUNICIPAL É INICIADA NESTA TERÇA (1º), NA SECRETARIA DA EDUCAÇÃO

02/12/2020 | Assessoria de Comunicação

Integrantes da equipe de transição governamental nomeada pelo prefeito eleito de Itabuna, Augusto Castro, estiveram, na manhã desta terça-feira (1º) na Secretaria Municipal da Educação (SME), para o início do processo de transição na secretaria. Composta pela advogada Janaína Araújo, pelo vice-prefeito eleito e vereador Enderson Bruno dos Santos (Enderson Guinho), pelo professor e vereador Josué de Souza Brandão Junior (Junior Brandão) e pelo advogado Cláudio Góes, a equipe esteve acompanhada ainda pelo chefe de gabinete do vereador Enderson Guinho, Murilo Ribeiro.

Foram recebidos pela secretária municipal da Educação, professora Nilmecy Gonçalves, que os guiou por alguns dos departamentos da SME, apresentando-os junto com as assessorias e integrantes (diretores, assessores, técnicos e colaboradores).

Após, a secretária convidou a equipe para que as conversas fossem continuadas na Sala de Reuniões do Gabinete do Prefeito, no Centro Administrativo Firmino Alves, contando ainda com as presenças da chefe de gabinete da secretaria, professora Maria Conceição Lagariça; da assessora de gabinete, Joana Angélica; da assessora de Comunicação, Karina Lins; do servidor público Eric Souza; da diretora do Departamento de Acompanhamento da Gestão (DAG), Ednólia Souza de Jesus; da diretora do Departamento da Educação Básica (DEB), professora Regiane Cruz; da assessora do DEB, professora Shirlene Alves; do diretor do Departamento Financeiro, Fábio Bittencourt; do diretor do Departamento de Infraestrutura, Jorge Nano; da diretora do Departamento de Pesquisas, Planejamento e Informações Gerenciais (DPPIG), professora Ritta Conrado; e da chefe do Setor de Organização Escolar, professora Maria Tânia Pereira da Silva.

Gonçalves externou as ponderações mais importantes para que a equipe de transição consiga articular a continuidade do ano letivo de 2020 após o empossamento do prefeito eleito.

Segundo ela, um dos gargalos da SME no momento não são apenas os desafios pedagógicos.

“Os efeitos colaterais advindos com a pandemia vêm mexendo com a parte psicológica de uma grande quantidade de funcionários e professores que fazem parte do grupo de risco para o COVID-19, o que dificulta inclusive o planejamento (com a devida autorização das autoridades de saúde, sanitária e epidemiológica) de flexibilização do ano letivo para uma modalidade híbrida”, disse a secretária.

Atualmente, a Rede Municipal de Ensino de Itabuna tem conduzido o ano letivo de 2020 apenas na modalidade à distância com a oferta de blocos de atividades preparados pelos professores e pelos coordenadores pedagógicos.

A secretária classificou a gestão da Secretaria Municipal da Educação, de junho de 2018 à dezembro de 2020, como “a missão mais desafiadora da minha vida” e ponderou que a SME, a partir de agora, está amplamente aberta, acessível, transparente e à disposição para que a equipe de transição e o prefeito eleito articulem tudo o quanto necessário para que os trabalhos nas unidades escolares sejam continuados.

Ao final, a secretária esclareceu que “neste período de transição, há uma atmosfera natural de ansiedade, com todos os sujeitos diretamente envolvidos com uma certa apreensão por conta das possíveis mudanças” e esclareceu que “todas as decisões serão tomadas juntamente com a nova equipe e sempre de maneira articulada e organizada”, finalizou.

_

Prefeitura de Itabuna.
Secretaria Municipal da Educação (SME).
1º de dezembro de 2020.