REDE MUNICIPAL DE ENSINO INTEGRA AÇÕES DE APOIO E SOLIDARIEDADE DA PREFEITURA DE ITABUNA

09/11/2020 | Assessoria de Comunicação

O grande volume de chuvas que vem caindo desde o último domingo (1º) colocou a cidade de Itabuna em estado de alerta e em atenção máxima. Na segunda-feira (2), o prefeito Fernando Gomes decretou Situação de Emergência devido à quantidade de famílias impactadas, totalizando pouco mais de duas mil pessoas que tiveram prejuízos, perderam suas moradias ou tiveram suas casas interditadas por representarem perigo aos moradores.

Com um QG (“Quartel General”) organizado para implementar as respostas rápidas de assistência à população mais impactada, secretarias municipais como a de Governo, Assistência Social (SAS), Saúde (SMS), Educação (SME), Desenvolvimento Urbano (SEDUR), Segurança, Transporte e Trânsito (SESTTRAN) e Defesa Civil se movimentaram bastante. A força-tarefa contou ainda com as secretarias da Fazenda, Administração, Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente, além da Procuradoria Jurídica, do Setor Operacional e do Departamento de Comunicação.

Na Secretaria da Educação, a secretária municipal professora Nilmecy Gonçalves, em carta aberta aos gestores das unidades escolares da Rede Municipal de Ensino, falou sobre o nível dos impactos e sobre a importância da rede se revestir, neste momento, de um importante ponto de apoio às ações delineadas pela prefeitura.

Com isso, foi lançada uma campanha de arrecadação de donativos (colchões em bom estado de conservação e uso, cobertores e lençóis, travesseiros e fronhas, além de toalhas), tudo a ser entregue à Secretaria de Assistência Social, no bairro Góes Calmon.

Gonçalves lembrou ainda, contudo, que as escolas municipais estão muito próximas das pessoas em todos os bairros, especialmente nas comunidades que tiveram mais prejuízos, podendo elas também recepcionar os donativos, que estão chegando por iniciativa própria da população, também em forma de alimentos e água mineral.

Pelo menos cinco escolas da rede já estão abrigando e protegendo famílias: a Escola Municipal Brasília Baraúna de Almeida (no São Roque), o Grupo Escolar Leonor Santos Pacheco (na Rua de Palha, Ferradas) a Escola Sementeira (bairro de Fátima), a Creche Elzo Pinho de Magalhães (Mangabinha) e o Grupo Escolar Raimundo Jerônimo Machado (Nova Itabuna).

“A atuação coletiva tem sido um grande diferencial nesse nosso enfrentamento”, destacou a secretária, que disse ainda que houve um chamamento para que cada professor e diretor se transforme num agente de solidariedade. Um chamamento que foi assimilado e foi atendido. “Todas as escolas, frisa-se, estão orientadas a receberem donativos e a mobilizar pessoas para que consigamos receber a maior ajuda possível”, completou a gestora.

“Esperamos que a nossa rede continue assim, estou feliz com a maneira como a mobilização está ganhando força, especialmente de maneira tão sensível e tão rápida”, reiterou a secretária.

A previsão meteorológica indica que as chuvas persistam pelo menos até esse sábado (7). “Os reflexos, contudo, continuarão ainda por mais alguns dias e a mobilização precisa continuar”, finalizou a secretária.

_

Prefeitura de Itabuna.
Secretaria Municipal da Educação (SME).
09 de novembro de 2020.