O ENSINO DE CIÊNCIAS FOI O TEMA DA VEZ NAS LIVES DA EDUCAÇÃO

23/07/2020 | Assessoria de Comunicação

A Secretaria Municipal da Educação de Itabuna (SME) deu continuidade, nesta quarta-feira (22), à formação continuada à distância, com transmissão ao vivo na internet, da palestra do professor Hélio Messeder Neto (foto), da Universidade Federal da Bahia (UFBA), versando sobre “O Componente Curricular Ciências À Luz da PHC”, com mediação da assessora de Formação Continuada do Departamento da Educação Básica (DEB/SME), professora Patrícia Nayara Caldas Silva Rocha. A transmissão compõe uma série de explanações e debates promovidos entre os professores da Rede Municipal de Ensino com o objetivo de subsidiar o documento que referenciará o currículo escolar da rede, com a participação dos profissionais docentes.

Na live desta terça-feira, o professor Messeder Neto foi bastante elogiado pela maneira direta e objetiva com que relacionou o componente Ciências com a prática docente, especialmente desde os primeiros anos da vida escolar, incluindo Creche e Educação Infantil até o último ano do Ensino Fundamental, em consonância com o que se estabelece na Pedagogia Histórico-crítica (PHC), que é o principal pressuposto teórico da Proposta Político-pedagógica “Pelo Direito de Aprender”, que denomina e organiza o atual sistema da rede.

Com exemplos práticos, o professor se posicionou sobre como algumas práticas precisam ser desconstruídas no ensino das Ciências, especialmente sobre a relação do homem com o meio ambiente e sua capacidade de transformá-lo. Para ele, é impreterível que os professores deixem de lado uma visão que, para ele, parece ‘romantizada’ dessa área do conhecimento, através do qual por exemplo alguns professores insistem em pontuar, principalmente para as crianças, “que as nuvens são feitas de algodão” ou que “as estações do ano devem ser assimiladas segundo a lógica dos livros didáticos, através de imagens que, muitas vezes, não dialogam com o cotidiano dos estudantes”.

Para a professora Nilmecy Gonçalves, “esse foi um momento em que efetivamente o palestrante deu exemplos práticos sobre como transcender o básico da prática docente, sair do lugar-comum, da zona de conforto, para partir para aquilo que a própria Ciência oportuniza, que é a exploração do conhecimento em toda a sua amplitude”.

A live teve um pico de audiência de 395 expectadores, entre os quais Lucas André Teixeira, que disse que a exposição do professor Hélio foi excelente, “com muitos exemplos didáticos que orientam a intervenção na realidade, por meio da defesa do conhecimento científico”. Para Clara Guerreiro, a palestra foi bastante esclarecedora, mostrando exatamente o que aponta Dermeval Saviane, precursor da PHC, especialmente no tocante a unir teoria e prática.

Nesta quinta-feira (23), os trabalhos se voltam para o tema “O Componente Curricular História à Luz da PHC”, com o professor Cláudio Félix dos Santos, da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB). A mediação será feita pela assessora do DEB/SME, professora Alena Santos da Silva. Todas as transmissões acontecem no canal do Núcleo de Tecnologia Municipal (NTM) são traduzidas para a Língua Brasileira de Sinais (Libras).

___

Prefeitura de Itabuna.
Secretaria Municipal da Educação (SME).
22/07/2020.