6 DE DEZEMBRO: CYRO DE MATTOS LANÇA “O VELHO CAMPO DA DESPORTIVA”, EM ITABUNA

14/11/2019 | Assessoria de Comunicação

A secretária municipal da Educação de Itabuna, professora Nilmecy Gonçalves, recebeu na última terça-feira (12), no gabinete da Secretaria Municipal da Educação de Itabuna, a visita do escritor e doutor honoris causa pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Cyro de Mattos. O escritor conversou com a secretária sobre o lançamento, em Itabuna, do seu mais novo trabalho literário, “O Velho Campo da Desportiva” (segunda edição ampliada), num convite assinado pela Academia de Letras de Itabuna (Alita). O lançamento acontecerá no próximo 6 de dezembro (sexta-feira) no lounge 2 (piso superior) do Jequitibá Plaza Shopping, às 18h.

Segundo Mattos, “O Velho Campo da Desportiva” carrega consigo uma das maiores paixões do brasileiro: o futebol. “Depreende-se sem esforço que o universo da bola retratado aqui neste livro não resulta de apresentações de grandes clubes brasileiros no estádio gigantesco. Com seus ídolos, vitórias consagradoras, rendas excepcionais. Entra no gramado do torcedor agora leitor através de memórias relatadas e inventadas, capazes de revelar o cotidiano e envolvente mundo da bola disseminado no interior brasileiro como uma de suas grandes paixões populares. De boca a ouvido, no recesso do lar, barbearia, bar, alfaiataria, pensão, feira, fazenda de cacau, loja do comércio, jardim e largo do bairro. As artimanhas do cartola, as rivalidades dos torcedores, a vibração em vitórias memoráveis, as cenas engraçadas. Busca fazer um gol bonito de ver, oferecendo, numa viagem de resgate, a vida revestida de densidade humana, aventura e poesia. Sem esquecer que naqueles idos esportivos o futebol amador fazia com que a cidade de Itabuna soubesse que pisava também no chão de uma ‘pátria em chuteiras’”, revelou.

Cyro de Mattos: um dos maiores escritores brasileiros

Cyro Pereira de Mattos é itabunense, contista, poeta, cronista, ensaísta e autor de livros infantis. Já publicou 38 livros, possui 50 prêmios literários.

Em novembro de 2016, foi eleito na Academia de Letras da Bahia (ALB) para ocupar a cadeira de nº 22 daquela casa, a mesma que foi ocupada por Ruy Barbosa. Antes disso, ele já presidira a Academia de Letras de Itabuna (ALITA) e a Academia de Letras de Ilhéus (ALI). Também já foi presidente da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC) entre 2009 e 2011. Entre suas principais obras estão “Os Brabos”, “Duas Narrativas Rústicas Contendo Inocentes e Selvagens”, “O Recuados”, “Berro de Fogo e Outras Histórias”, “Natal das Crianças Negras”, “Os Ventos Gemedores”, “Fissuras e Rupturas” e o “O Velho e o Velho Rio”.

A professora Nilmecy Gonçalves aponta que Itabuna possui o que, segundo ela, pode ser considerado “uma lenda viva de nossa cultura, um símbolo de nossa identidade. Não à toa, Mattos é um dos imortais da Academia de Letras da Bahia e foi homenageado pela UESC, com o título de doutor honoris causa da UESC. Melhor do que tê-lo como um dos grandes representantes da literatura brasileira, é vê-lo, agora, com mais um trabalho pronto e prestes a apresentá-lo ao grande público itabunense. Itabuna se sente feliz com isso”, disse a secretária.

Para mais informações sobre a vida e obra de Cyro de Mattos, visite o site da ALB, no endereço https://academiadeletrasdabahia.wordpress.com/cyro-de-mattos/.