Equipe itabunense investe em títulos com apoio da FICC e atua em projeto social

11/11/2019 | Assessoria de Comunicação

A equipe Gil Boxe, que integra o Projeto Lutando pela Paz e conquistou o vice-campeonato do 7º Intermunicipal de Boxe Olímpico, realizado em São Felipe, com apoio da Federação de Boxe do Estado da Bahia, foi recebida pelo presidente da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), Daniel Leão, a quem apresentou medalhas e um troféu conquistados na competição. Seguindo uma prioridade do prefeito Fernando Gomes para o apoio ao esporte amador e atletas da alto rendimento, a entidade vem apoiando os deslocamentos de equipes e desportistas itabunenses na disputa de competições estaduais e regionais.

Além da conquista do vice-campeonato olímpico, a equipe dirigida por Gilmarques Sabino dos Santos, foi integrada na competição pelos atletas Samuel Rosa dos Santos, 13 anos, 52 quilos, que conquistou o título de campeão infantil; Ruan Miguel Viana Mota, de 75 quilos, conquistou o título de campeão juvenil, enquanto Jonathan Passos dos Santos, 23 anos, 64 quilos, ficou em terceiro lugar na categoria elite.

A equipe grapiúna, que trabalha com 30 atletas dos bairros São Pedro, Pedro Jerônimo e Baixa Fria, onde desenvolve o projeto comunitário Lutando Pela Paz em comunidades da zona sul da cidade, deve disputar em dezembro, a Copa de Boxe Olímpico, em Feira de Santana.

O presidente da FICC, Daniel Leão, elogiou o desempenho da equipe e destacou a preocupação do governo municipal no apoio ao esporte e à educação. Anunciou que pretende enviar á Câmara de Itabuna um projeto visando oferecer a atletas de alto rendimento e artistas jovens bolsas de incentivo, mas condicionadas a um bom desempenho escolar de cada beneficiário.

Como parte do apoio ao incentivo do esporte, ele discutiu com integrantes da equipe a ampliação do projeto social e a exibição de filmes sobre o esporte nos bairros a partir de uma sessão especial a ser realizada na Casa Jorge Amado, em Ferradas, que tem um espaço para eventos e onde a FICC realiza o Projeto Ambiental Ferradas Mais Verde, com palestras e a exibição de filmes educativos, além do plantio de árvores nas ruas e quintais do bairro.

Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC)