Mutirão levou serviços de saúde aos moradores da Mangabinha

30/04/2019 | Assessoria de Comunicação

Para marcar as comemorações do Dia Nacional da Prevenção e do Combate à Hipertensão, estudantes do 9º semestre do curso de Enfermagem da Unime se uniram ao Cerpat e ao Núcleo de Assistência à Saúde da Família (Nasf) para realizar o Mutirão de Saúde para os moradores do bairro da Mangabinha, na última sexta-feira (26). Na praça foram utilizados toldos para oferecer serviços de aferição de pressão arterial, teste de glicemia, teste rápido de Sífilis e HIV/Aids, bem como serviços de corte de cabelo, com a atuação de alunos e técnicos da Escola Profissionalizante de Itabuna.

​Segundo a estudante Helen Andrade, estavam previstos 150 atendimentos, nos quais os pacientes foram avaliados a partir da aferição de pressão arterial e do teste de glicemia para posteriormente, se necessário, serem encaminhados ao médico clínico, que também estava presente no local. Ela destacou que a escolha do Mangabinha para a realização do Mutirão levou em conta os altos índices de diabéticos e hipertensos entre a população do bairro, diagnosticados através de visitas domiciliares dos Agentes Comunitários de Saúde e dos atendimentos no Programa Hiper Dia.

​“A partir desta constatação, julgamos necessário trazer estes serviços para a comunidade, tendo em vista que a hipertensão e diabetes são males que interferem na saúde dos indivíduos como um todo e quando o acesso aos serviços de saúde não é facilitado a tendência é que, com um diagnóstico tardio, tais consequências sejam irreversíveis”, argumentou.

Texto: Erivaldo Bomfim
Foto: Waldir Gomes