REDE MUNICIPAL DE ENSINO PERDE MAIS DE 3 MIL ALUNOS; AINDA HÁ VAGAS

16/04/2019 | Assessoria de Comunicação

O Departamento de Planejamento, Pesquisa e Informações Gerenciais (DPPIG) da Secretaria Municipal da Educação de Itabuna (SME) apresentou, nesta segunda-feira (15) o diagnóstico das matrículas efetivadas para o ano letivo de 2019, que será iniciado no mês que vem.

A apresentação dos números ratificou a preocupação que vinha se estabelecendo na SME desde novembro de 2018, que esperava preencher pelo menos 22 mil vagas, ampliando o coeficiente de alunos em pelo menos 4 mil. Ao invés disso, a rede perdeu alunos, saindo de 18.179 matrículas em 2018, para pouco mais de 15.500 em 2019.

Por conta da baixa procura, a Secretaria Municipal da Educação (SME) estendeu o prazo de matrícula até a última sexta-feira (12), prazo esse que continuará em aberto pelo menos até o dia 3 de maio.

Apesar da preocupação em relação aos números, algumas escolas do município conseguiram atingir suas metas e se destacaram entre as mais procuradas. Foram os casos da Escola Municipal Marechal Castelo Branco, Escola Municipal Flávio Simões e Escola Batista da Califórnia (todas na Califórnia); do Grupo Escolar Maria Creuza Pereira (Urbis IV); Instituição de Educação Infantil Lúcia Oliveira e Instituto Municipal de Educação Aziz Maron (no Centro); Escola Creche Pequeno Lar (Fátima); Instituto Municipal Teosópolis (Conceição); Grupo Escolar Municipal Pedro Jerônimo (Pedro Jerônimo) e Centro de Atenção Integral à Criança Jorge Amado – CAIC (Jardim Primavera), que inclusive ainda tem algumas vagas a serem preenchidas sobretudo na creche.

A secretária municipal da Educação, professora Nilmecy Gonçalves aponta que os números preocupam porque incidem diretamente nos repasses de verbas do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (FUNDEB), em 2020. “Nós somos a terceira maior rede municipal de ensino do Estado da Bahia, só perdendo para Feira de Santana e Salvador, com 90 escolas, mais de 1.200 professores e mais de 800 funcionários e, no entanto, a nossa demanda de atendimento está em queda e isso causará problemas de gestão financeira e torna mais visível que a Rede Municipal de Ensino de Itabuna precisa atrair mais alunos”, destacou a secretária.

Quase todas as escolas da rede ainda têm vagas para serem preenchidas. Para efetivar a matrícula, o interessado pode se dirigir diretamente à unidade escolar, portando os seguintes documentos: RG do pai, da mãe ou do responsável, comprovante de escolaridade (atestado ou transferência) do aluno, RG ou Certidão de Nascimento e CPF do aluno, carteira de vacinação atualizada do aluno e uma pasta individual. Informações completas podem ser obtidas através da Central de Atendimento de Matrículas, que está atendendo pelo número de telefone (73) 3214 1474.

Prefeitura Municipal de Itabuna.
Secretaria Municipal de Governo – Departamento de Comunicação Social.
Secretaria Municipal da Educação – Assessoria de Comunicação Social.
Texto: Eric Thadeu Nascimento Souza.
Foto: Jornal Diário Bahia (arquivo) / Gabriel de Oliveira.
Legenda da Foto: Queda no número de matrículas da Rede Municipal de Ensino preocupa equipes de trabalho da Secretaria da Educação de Itabuna – Foto Gabriel de Oliveira (arquivo) – Jornal Diário Bahia.
15.04.19.