ESCOLA MARGARIDA PEREIRA CRIA PROJETO PARA ALUNOS DO 9º ANO

31/01/2019 | Assessoria de Comunicação

Tendo como público-alvo os 26 estudantes matriculados no 9º ano do Ensino Fundamental e assimilando necessidades específicas de aprendizagem no final do ano letivo de 2018, a Escola Municipal Margarida Pereira, no bairro Maria Pinheiro, criou o projeto “InterAções”, coordenado pelo diretor, professor Érico José dos Santos e pela equipe de coordenadoras pedagógicas (através das professoras Thays Santos e Rosângela Ferreira). Estiveram envolvidas ainda as professoras Carla dos Reis (Inglês), Cristiane Silva (Língua Portuguesa) e Geníria Almeida (Ciências e Artes).

O projeto visou a garantia para os alunos co-partícipes de direitos no que se referem à aprendizagem e aos conteúdos, dentro da perspectiva de conclusão de ano letivo de 2018. No escopo do projeto, subtrai-se a organização de oficinas temáticas de aprendizagem, tendo sido iniciadas no último dia 15 e que seguiram até essa terça-feira (29). Entre os temas, estiveram as abordagens “Círculo Conferência”, “Interagindo com Artes” (com a peça de teatro “Cordel das Princesinhas” e oficina de maquiagem afro), “Leitura, Compreensão e Construção de Gráficos Estatísticos”, “Protagonismo Juvenil”, “Fração, Proporção e Medidas em Receitas Culinárias”, “Ler o Mundo, Interpretá-lo com o Grafite na Mão”, “Alfabetização Cartográfica”, “Sólidos Geométricos e Planificações”, “Corpo-Conexão” e “Funções Químicas: os Ácidos e as Bases em Nosso Dia-a-Dia”. As oficinas foram todas ofertadas no turno oposto ao das aulas regulares e tiveram o apoio do Grupo de Pesquisa em Educação Estatística e em Ciências (GPMEC), da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC); do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências (PPGEC/UESC); do Programa Escola do Adolescente; do Programa Novo Mais Educação; do Grupo Encantarte; do proejto “D’estat (GPMEC/UESC); do projeto Muay Thai Professora Liliane Santos; do Cluve de Desbravadores (Igreja Adventista); Grupo de Capoeira Irmãos Unidos; e Cine Clube Mucambo. A Secretaria Municipal da Educação de Itabuna (SME) participou com a integração do Departamento da Educação Básica (DEB), através das assessorias do Ensino Fundamental (Anos Finais); Formação Continuada (Grupo de Formação); Arte e Educação; Saúde Escolar; e ainda do Departamento Financeiro, Departamento de Infraestura e Escola Municipal de Dança.

O diretor Érico José dos Santos explicou que o “InterAções” surgiu a partir do pressuposto de que “a aprendizagem é um direito do aluno e um dever da escola, compreendendo a urgente necessidade de garantir aos alunos do 9º ano a consolidação de alguns conhecimentos importantes, com o propósito de que os alunos possam destrutar de um ambiente prazeroso, de situações de aprendizagens diversas em que conhecimentos importantes sejam ressignficados e construídos”, concluiu. Pelo sucesso e pelos resultados, a intenção, agora é o de transformá-lo em ação fixa e continuada enquanto proposta de intervenção didático-pedagógica da unidade escolar, a ser ampliada em 2019, devendo atender aos 60 alunos, também do 9º ano.