Projeto prevê praça temática em Itabuna

29/11/2018 | Assessoria de Comunicação

A revitalização de praças e ambientes públicos é uma prioridade da administração do prefeito de Itabuna, Fernando Gomes. Desde 2017, o prefeito tem procurado viabilizar projetos que resultem em melhorias nas áreas de lazer do município, de modo a estimular a ocupação dos espaços públicos por parte da população. Um dos projetos a ser viabilizado trata-se da Praça do Mel, uma parceria entre o município, a Ceplac e o Instituto do Chocolate, que propõe a revitalização da praça Olinto Leoni, transformando-a num ambiente completamente temático.

De autoria das arquitetas Stela Neiva (Sedur) e Keila Silva (FICC), o projeto prevê a implantação de uma praça temática no local, permitindo ampliar a área verde, inserindo uma maior diversidade de plantas, expondo também abelhas produtoras de mel. A arquiteta Stela Neiva explica que o conceito já existe em diversas cidades do mundo e a intenção do projeto é criar um local capaz de aliar lazer e informação. “Além de proporcionar bem estar aos moradores, pois o local será revitalizado e melhor aproveitado, a praça terá uma rica biodiversidade com a inserção de plantas e abelhas que não oferecem risco às pessoas, pois não possuem ferrão e são espécies próprias para serem inseridas neste conceito proposto”, explica.

Sobre a viabilidade do projeto, Stela conta que o município já tinha a proposta de realizar uma reforma no local e com a ideia da Ceplac foi possível unir os conceitos. “A manutenção da praça será através de parcerias com o próprio comércio da localidade, sem contar que o projeto abre uma nova perspectiva também de geração de emprego e renda com revitalização da praça”, destaca a arquiteta, ressaltando que a biodiversidade já existente não sofrerá alteração, sendo apenas inseridas novas plantas. “Quando pensamos numa praça em área urbana, nós pensamos em espécies de animais e plantas que sejam compatíveis com a essa condição e para isso é preciso preservar a natureza já existente”.

Ao falar sobre a característica arquitetônica do projeto, Stela informa que serão aplicadas estruturas que simulem colmeias de modo a criar um ambiente onde as pessoas irão poder se informar e conhecer esse universo da produção de mel e das abelhas. “Um local arborizado que irá se destacar pela utilidade e pela beleza que trará ao centro da cidade”, conclui.

____________________________
Texto: Wilson Junior
Fotos: Adeildo Marques