Conselho Municipal aprova projeto de assistência técnica para o setor agrícola em Itabuna

24/10/2018 | Assessoria de Comunicação

A Prefeitura de Itabuna e a Ceplac darão início ao projeto de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER), no município, com o objetivo de impulsionar o setor agrícola na região. O programa a ser coordenado pelo engenheiro agrônomo Antônio Fernando Ribeiro, será desenvolvido por meio de parcerias com órgãos federais, estaduais, municipais e não governamentais, conforme adiantou o diretor municipal de Agricultura da Prefeitura, Erlon Botelho.

Ele participou de um encontro do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDRS) que se reuniu para discutir o tema, com a participação de técnicos e extensionistas da Ceplac. Erlon informou que o projeto terá um custo de R$3,5 milhões para sua execução, o que permitirá a realização de outros programas como dia de campo, análise de solo e um dos itens de maior destaque: a orientação aos agricultores, além da melhoria institucional.

O diretor destacou a importância da ATER, ao comentar que, com orientação e assistência técnica assegurada pelos especialistas em extensão rural, os produtores e agricultores poderão ter sua produção melhorada e ampliada, com lucros que vão garantir o desenvolvimento rural sustentável na região sul da Bahia.

“O projeto visa calibrar também as politicas públicas tanto na esfera municipal quanto na federal e estadual, com um impacto importante para o nosso setor agrícola, que comprovadamente sempre se mostrou viável social e economicamente”.

Com relação ao CMDES, Erlon Botelho lembra que a instituição ganhou novo impulso com a eleição de seus novos dirigentes neste ano, e tem um papel fundamental para o município, como por exemplo, o assessoramento ao poder executivo municipal na definição das políticas para o desenvolvimento rural e na elaboração, acompanhamento e execução dos resultados dos planos, programas e projetos como a ATER, aprovada pelos conselheiros na última reunião.