Itabuna sedia a 10ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente

10/10/2018 | Assessoria de Comunicação

Com o objetivo de discutir políticas públicas voltadas para as crianças e os adolescentes de Itabuna aconteceu nesta quarta-feira (10) a 10ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. O evento que teve início na terça-feira (09)no Colégio Modelo Luiz Eduardo Magalhães, está sendo realizadode forma conjunta entre a Secretaria Municipal da Assistência Social e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Entre as autoridades que marcaram presença no evento, o juiz aposentado da Vara da Infância e Juventude, Marcos Bandeira, que fez uma excelente explanação sobre o assunto. Para a secretária de Assistência Social, Sandra Neilma, este é um momento importantíssimo em que são reunidas todas as representações da sociedade civil com a finalidade de debater as políticas públicas voltadas para as crianças e os adolescentes.

“Estamos vivenciando um momento de extrema relevância, fazendo uma análise sobre o tema, ouvindo nossas crianças e adolescentes e os seus anseios. Tambémteremos a participação de adolescentes, pois eles já sabem expressar as suasnecessidades sobre as políticas públicas que almejam”, destacou a secretária. A coordenadora do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), Maria D’Ajuda Lucas, informa que as propostas que estão sendo discutidas na conferência foram elaboradas pelos próprios estudantes durante uma pré-conferência realizada nas escolas.

Vale ressaltar que as propostasdiscutidas na conferência municipal, muitas delas que contemplam áreas como educação, saúde, segurança e lazer, serão levadaspor três representantes do município para o mesmo evento a nível Estadual e Nacional e, caso as propostas sejam aprovadas nas três conferências, serão transformadas em lei. Maria D’Ajuda informa ainda que hoje (11), às 09 horas, será realizada uma audiência pública na Câmara Municipal de Vereadores, como objetivo de discutir a erradicação do trabalho infantil em Itabuna.