Prefeitura de Itabuna inicia demolição de parte do Shopping Popular

14/08/2018 | Assessoria de Comunicação

A Prefeitura Municipal de Itabuna prossegue nesta terça-feira (14) com os trabalhos para demolição de parte do prédio que abrigaria o Shopping Popular de Itabuna. A ação foi iniciada na tarde de ontem (13) por equipes da Defesa Civil, com o apoio das Secretarias de Administração, Transporte e Trânsito (Sesttran), Guarda Civil Municipal, além do Corpo de Bombeiros e Polícia Militar.
“Iniciamos a demolição pela marquise e toda extensão do segundo pavimento, consideradas as partes mais críticas do prédio, por ainda apresentar algum tipo de risco para os transeuntes”, explicou o coordenador da Defesa Civil, Yuri Bandeira, frisando que o trabalho continuará até que seja eliminado todo risco eminente de desabamento. E aproveitou o momento para agradecer o apoio de todos os órgãos e secretarias envolvidas neste trabalho. “Agradeço a toda equipe, foi um trabalho conjunto e a colaboração deles foi imprescindível”.

A demolição foi iniciada após parte do shopping popular ter desabado há cerca de um mês, comprometendo a segurança de motoristas e transeuntes que passam pela Avenida Inácio Tosta. Vale lembrar ainda que parte de uma laje do estabelecimento já tinha desabado em 2016, quando o shopping ainda estava em construção, sendo então a obra interditada.

Novo Espaço

Em função da interdição do espaço que abrigaria os vendedores ambulantes de Itabuna, um imóvel foi alugado pela Prefeitura de Itabuna, também na Avenida Inácio Tosta, imediações da agência dos Correios, para acomodar os trabalhadores. De acordo com Tarciso Soares, Diretor de Indústria e Comércio, da Secretaria de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente, a Prefeitura Municipal de Itabuna deu um passo importante para solucionar a questão que envolve a acomodação dos vendedores ambulantes de Itabuna que trabalham provisoriamente na Praça Adami e transversais da Avenida do Cinquentenário.

“O ponto é muito bom. A entrada é pela Avenida Inácio Tosta, mas tem abertura para a Avenida Amélia Amado, com uma boa área de circulação”, disse. E completou: “Esse é um espaço adequado que garantirá segurança e conforto para todos que frequentarem o local, além é claro, para os vendedores ambulantes de Itabuna”.