#Itabuna108Anos: Prefeitura inaugura uma moderna escola/creche para mais 120 alunos da educação infantil

30/07/2018 | Assessoria de Comunicação

A bela apresentação da fanfara “Lobos Guerreiros” do Caic abriu, oficialmente, no final da tarde de sábado (28), a solenidade de um dos momentos mais importantes da programação em comemoração aos 108 em emancipação política de Itabuna: a inauguração da Escola/Creche Lúcia Oliveira, situada na Praça da Bandeira, no centro de Itabuna. O início das aulas em tempo integral aconteceu nesta segunda-feira (30) para 120 alunos da educação infantil.

Durante a inauguração, o prefeito Fernando Gomes disse ter conseguido mais uma conquista para Itabuna: devolver a escola cujo prédio foi completamente reformado e equipado e que, na opinião dele, nunca deveria ter sido fechado. “É uma imoralidade quando se tira uma escola de uma criança”, disse, ao lembrar que quando assumiu o município, em 2017, o prédio estava ocupado por um sindicato.

O prefeito disse que foi um dos alunos da antiga Escola Lúcia Oliveira, onde estudou o curso de Contabilidade. “Essa escola, numa área central e privilegiada, faz parte da história de Itabuna e por isso mesmo não deveria ter sido fechada”, reforçou. Ele informou que a reabertura da escola foi uma ideia louvável da ex-secretária de Educação, Anorina Smith Lima que esteve presente à inauguração.

Ao destacar a importância dada à educação em suas administrações, o prefeito Fernando Gomes lembrou que foi o único gestor a construir, no município, 117 salas de aulas incluindo as da zona rural em Mutuns e Itamaracá e também em Jussari, quando ainda era distrito de Itabuna. “Educação e saúde são duas das áreas mais importantes que devem andar de mãos dadas, afinal, sem saúde ninguém estuda e sem escola não existe o conhecimento” disse.

O prefeito comentou a importância de transformar Itabuna numa cidade universitária, ao destacar que além das instituições do ensino superior já tradicionais (Uesc, FTC, Federal do Sul da Bahia e Unime), o município acabou de ganhar a Faculdade Santo Agostinho, inaugurada na última sexta-feira (27) já com 85 alunos matriculados para o Curso de Medicina. Fernando Gomes garantiu que a outra universidade, a Santo Antônio também é uma realidade que transformará o município numa indústria do saber. Lembrou ainda que foi ele o responsável pela vinda do Curso de Medicina na Uesc.

Durante a solenidade foi lembrada um pouco da história da unidade escolar construída em 1935, que teve como primeira professora municipal a própria Lúcia Oliveira. A escola conta com nove salas de aula e de informática, salas do professor e da diretoria, secretaria, refeitório, cozinha, lavanderia, parque infantil e uma ampla área de lazer, proporcionando às crianças da educação infantil uma estrutura completamente reformada, moderna e bem equipada. O interior da escola ganhou moderna pintura e painéis confeccionados pela artista plástica Waldirene Borges.

Participaram da solenidade de inauguração além do prefeito e seu secretariado, diretores e funcionários municipais, professores, alunos e convidados que aplaudiram a iniciativa do prefeito ao resgatar e destinar o prédio a quem de direito, os alunos da rede municipal.