Secretaria da Educação inicia Curso para Gestores Escolares de Itabuna

28/03/2018 | Assessoria de Comunicação

Uma solenidade realizada no auditório do Centro Territorial de Educação Profissional, na noite da última terça-feira (27), marcou o início das atividades do Curso para Gestores Escolares da Rede Pública Municipal de Ensino de Itabuna, que terá duração de 12 meses e está sendo realizado pela Secretaria da Educação (SEC), com o objetivo de potencializar a formação dos gestores atuantes nas unidades escolares do Sistema Municipal de Ensino. A iniciativa é parte das estratégias implementadas pela SEC, visando à democratização e profissionalização da gestão nas escolas.

A secretária da Educação, Anorina Smith Lima, que também representou o prefeito Fernando Gomes na solenidade, ressaltou que o curso foi planejado com o objetivo de atender às demandas reprimidas dos profissionais da educação que atuam como diretores e vice-diretores das escolas municipais, tendo em vista os aspectos que dizem respeito à gestão escolar na construção de uma prática técnico, pedagógica, administrativa e financeira de forma democrática.

“Atualmente, a gestão escolar exige que diretores e vice-diretores de escolas busquem cada vez mais a formação continuada, porque a própria dinâmica das unidades escolares, com seus respectivos contextos, torna-se um desafio que para ser superado demanda conhecimentos múltiplos”, pontuou Anorina. Ela disse ainda que a implementação da gestão democrática deve levar em conta o diálogo com os diversos segmentos que fazem parte da escola, principalmente o Conselho Escolar.

Durante a solenidade, falaram ainda a presidente do Conselho Municipal de Educação, Rosymari Santiago; a coordenadora do Fórum Municipal de Educação, Maria Lúcia Bittar; a diretora do Caic Jorge Amado, Estela Cruz; além do representate da Secretaria de Assistência Social, professor Carlos Santos. O evento foi encerrado com a palestra do professor Otton Dantas, que abordou a temática: “O Papel do Gestor e os Desafios para Construir uma Gestão Democrática”.