Agentes de endemia combatem Aedes aegypti no circuito do Carnaval Antecipado

19/01/2018 | Assessoria de Comunicação

Atendendo a solicitação do prefeito Fernando Gomes, a Divisão de Vigilância Sanitária da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) autorizou a Secretaria de Saúde de Itabuna a usar inseticida Malathion 44% para pulverização costal nas Avenidas Mário Padre e Aziz Maron, bem como em todas as transversais de acesso ao circuito do Carnaval Antecipado/2018, visando a eliminação do Aedes Aegypti adulto. A festa do Itabuna Folia será aberta na tarde desta quinta-feira (18) com a lavagem do Beco do Fuxico.

Os Agentes de Endemias da SMS trabalharam desde segunda-feira (15) e encerram hoje (18) à tarde, conforme informou o coordenador da Vigilância Epidemiológica de Itabuna, Roberto Góes. Ele explicou que a ação preventiva é mais uma forma complementar das técnicas de enfrentamento ao mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus executadas regularmente no município.

O coordenador informa ainda que o Aedes Aegypti tem hábitos domésticos, mas também tem preferência por espaços abertos, dai a necessidade de um trabalho preventivo, especialmente num momento quando a cidade recebe visitantes de outros municípios que prestigiam uma das maiores festas populares, realizada em Itabuna.

Roberto destaca ainda que, graças ao trabalho intenso de controle e combate ao mosquito transmissor das arboviroses feito por meio de visitas domiciliares, o Levantamento de Índice (LI) de infestação do Aedes aegyti, tem caído consideravelmente em Itabuna. O último levantamento feito em dezembro do ano passado, pela Secretaria Municipal de Saúde, mostrou um índice de 8,3% de infestação, diferente dos mais de 23% encontrados no início do ano passado, segundo lembra o coordenador.

“O trabalho dos Agentes de Endemia é permanente, mas é importante que a comunidade também participe dessa luta, porque é nas residências que encontramos criadouros do mosquito”, enfatizou. Roberto reforça a participação da comunidade no combate ao mosquito, ao destacar que uma ação simples como evitar água parada em qualquer vasilhame como garrafas, panelas e pneus, ou tanques e reservatórios de água descobertos, vai ajudar na eliminação de focos de larvas e, consequentemente, no combate à infestação do mosquito adulto.
_________________________
Texto: Rosi Barreto
Fotos: Waldir Gomes