Prefeitura inicia Cadastro Ambiental Rural gratuito em Itabuna

10/01/2018 | Assessoria de Comunicação

A Prefeitura iniciou esta semana, o Cadastro Ambiental Florestal de Imóveis Rurais (Cefir) dos pequenos agricultores, por meio da parceria com a Secretaria de Meio Ambiente (Sema) e Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) do Governo do Estado. O processo é coordenado pelo Departamento de Agricultura da Secretaria de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente e executado por técnicos agrícolas do Governo baiano, que firmou convênio com o Bando Mundial.

O diretor do departamento, Erlon Botelho, explica que a iniciativa pretende regularizar todos os imóveis rurais, individuais ou da agricultura familiar com o objetivo de facilitar o acesso dos agricultores às políticas públicas, a exemplo do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), custeio agrícola, distribuição de sementes, orientação e assistência técnica gratuita, dentre outras.
“O Cefir concluído vai direcionar o município na tomada de decisões e propostas destinados aos produtores para atender, de forma democrática todos os produtores rurais sejam individuais ou da agricultura familiar”, reforçou.

Na última terça-feira (9), os técnicos responsáveis pelo cadastro já promoveram encontros com os pequenos agricultores da Roça do Povo e do assentamento Agrafan, para explicar o objetivo do cadastro, como será executado e os benefícios que virão decorrente do Cefir, que funciona como uma “carteira de identidade do imóvel rural”, conforme informou a coordenadora do projeto Dayani Salles.

Projeto gratuito

Segundo ela, é importante que o produtor rural faça seu cadastro para garantir o acesso a crédito, empréstimo rural e até mesmo para vender seu imóvel. “O apoio da prefeitura de Itabuna é fundamental para a conclusão do processo, pois a meta é cadastrar um maior número de produtores para que eles possam aproveitar a gratuidade dada pelo governo baiano”, complementou o coordenador de Campo, Willian Alessandro.

O secretário de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente, Jorge Vasconcelos, ressaltou a importância do cadastro dos produtores rurais, pelos inúmeros benefícios que terão e também pelo fortalecimento econômico da agrícola no município. Ele disse que Itabuna precisa acabar com o mito de que a zona rural do município é pequena. “Não é, principalmente depois que algumas áreas rurais, a exemplo do Serrado que pertencia a Ilhéus, foram incorporadas ao município de Itabuna”.
_________________________
Texto: Rosi Barreto
Fotos: Adeildo Marques