Escola de Mutuns ensina e inaugura horta orgânica escolar

18/12/2017 | Assessoria de Comunicação

O gosto por plantar, a orientação para cuidar e o prazer da colheita, mesmo que não seja numa grande área de terra. Foi com esses ingredientes que os alunos da Escola Santinha Tavares, no distrito de Mutuns, aprenderam como e o que fazer para se ter uma horta orgânica, aquela sem a presença de agrotóxicos. A inauguração foi na manhã da última sexta-feira (16) com a presença da Secretária de Educação, Anorina Smith Lima, professores e alunos daquela unidade escolar.

[ngg_images source=”galleries” container_ids=”60″ display_type=”photocrati-nextgen_basic_thumbnails” override_thumbnail_settings=”0″ thumbnail_width=”240″ thumbnail_height=”160″ thumbnail_crop=”1″ images_per_page=”20″ number_of_columns=”0″ ajax_pagination=”0″ show_all_in_lightbox=”0″ use_imagebrowser_effect=”0″ show_slideshow_link=”1″ slideshow_link_text=”[Show slideshow]” order_by=”sortorder” order_direction=”ASC” returns=”included” maximum_entity_count=”500″]

A titular da Educação parabenizou a equipe e os alunos pela iniciativa, destacando que uma horta orgânica significa muito mais do que produtos hortigranjeiros saudáveis, mas também uma melhor qualidade de vida nutricional para todos que se utilizam desses produtos cultivados sem agrotóxicos, “sem contar o prazer que é cultivar e colher produtos que complementam a alimentação na escola ou num pedacinho de terra no quintal de casa”.

A diretora da Escola Santinha Tavares, Josélia Teixeira, a idealizadora do projeto aproveitou para falar da satisfação e do empenho dos alunos em cuidar da horta, que além de dar bom resultado, por ser uma atividade saudável e prazerosa, na opinião dela, “ é uma atividade extraclasse, que serve como aprendizado, como integração e como terapia para ajudar a diminuir o estresse e preocupação do dia a dia”.

No encerramento da solenidade, os alunos aproveitaram para fazer uma demonstração de um plantio com mudas variadas de hortaliças, destacando os nomes de cada uma delas e sua utilidade da culinária doméstica. Logo depois foi servido um café da manhã para professores, alunos e demais convidados presentes.
___________________________
Texto: Rosi Barreto
Fotos: Adeildo Marques