Projeto para enfrentamento do Aedes aegypti em Itabuna é aprovado pelo Ministério da Saúde

20/11/2017 | Assessoria de Comunicação

Itabuna já tem projeto de Educação em Saúde Ambiental para o enfrentamento do Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya no município. A proposta encaminhada pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Itabuna foi aprovada na última sexta-feira (17), conforme edital divulgado pela Fundação Nacional de Saúde (Funasa) do Ministério da Saúde.

O coordenador de combate às endemias da SMS, Roberto Góes, explicou que o edital foi aberto em nível nacional, com o objetivo de reforçar a educação ambiental em saúde para o combate ao mosquito nos estados e municípios. Tem a pretensão ainda de, além de promover a saúde e contribuir com a melhoria da qualidade de vida das populações, reduzir os indicadores das arboviroses provocadas pelo vetor, incluindo a zona rural do município.

Roberto lembra que o município vem realizando diariamente, ações de combate e controle do Aedes aegypti por meio de atividades em campo e de conscientização junto às comunidades dos bairros de Itabuna. O trabalhou resultou na queda de 8% no índice de infestação do Aedes aegypti, saindo de 23.3% para 15.3% segundo o Levantamento do Índice Rápido do Índice de Infestação por Aedes Aegypti (Lira), realizado entre os dias 30 e 31 de outubro e 1º de novembro no município.

Mas para o coordenador, os números continuam altos, muito além do índice de aceitação do Ministério da Saúde, que é abaixo de dois por cento. Roberto diz que o incentivo do governo federal vai contribuir para o enfrentamento ao inimigo transmissor das arboviroses.

“Por mais que os agentes de endemias trabalhem rotineira e diariamente em todas as residências para o combate ao mosquito e a eliminação de larvas, se cada família não colaborar, será difícil o controle, daí a importância projeto de Educação em Saúde Ambiental, para que possamos sair da linha de risco de uma futura epidemia”, disse Roberto.
Para concluir, o coordenador destaca que o prefeito Fernando Gomes, junto com a secretária de Saúde, Lísias Miranda, tem a preocupação de assegurar uma saúde de qualidade para todos, começando com a promoção à saúde, ao invés do tratamento das doenças que além de caro, é penoso para o paciente.
________________________________
Fotos: Pedro Augusto