Pesquisa revela retratos da leitura no Brasil e analfabetismo funcional

19/10/2017 | Assessoria de Comunicação

Além de participar do XIII Encontro Local do Proler, no campus da Uesc, evento que teve como tema “Livros: mediar é semear o futuro”, a secretária de Educação, Anorina Smith Lima, e um grupo de assessores também participou hoje (19), no Auditório Max de Menezes, do VI Fórum de Políticas Públicas do Livro e da Leitura, que contou com a presença da gerente do Instituto Prolivro de São Paulo, Zoara Failla, que apresentou os resultados da pesquisa “Retratos da leitura no Brasil”, em sua 4ª edição.

O debate teve como mediadoras Ana Paula Santos Souza Teixeira, do Conselho Regional de Biblioteconomia e Glória de Fátima Lima dos Santos, do Proler/Uesc. A pesquisa revela que, apesar de uma melhora nos últimos 15 anos – o percentual da população funcionalmente alfabetizada passou de 61%, em 2001, para 73%, em 2015 –, e ainda constata que apenas um em cada quatro brasileiros domina plenamente as habilidades de leitura e escrita. Ou seja, o aumento da escolaridade média da população brasileira teve um caráter mais quantitativo (mais pessoas alfabetizadas) do que qualitativo (do ponto de vista do incremento na compreensão leitora).

Também na tarde de hoje (19), o Bosque da Uesc vai receber crianças de escolas selecionadas pelas Secretarias de Educação para atividades de contação de histórias, apresentações musicais e cênicas com a participação artistas e educadores.

____________________________________
Texto: Kleber Torres