Secretaria de Saúde cria Comissão de Segurança do Paciente do SAMU em Itabuna

18/09/2017 | Assessoria de Comunicação

Visando estabelecer políticas e diretrizes de trabalho para promover uma cultura no serviço do Atendimento Pré Hospitalar (APH) voltada para a segurança dos pacientes atendidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU 192, a Secretaria de Saúde de Itabuna criou uma Comissão de Segurança do Paciente (CSP), que vai permitir, através do planejamento, desenvolvimento, controle e avaliação de programas e tecnologias, garantir uma qualidade dos processos na unidade.

A CSP criada pela Secretaria de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde por meio da portaria nº 55, de 24 de fevereiro de 1999, foi publicada na edição do dia 14 deste mês, no Diário Oficial de Itabuna. Segundo a secretária municipal de Saúde, Lísias São Mateus, é da competência da CSP, dentre outras atribuições, elaborar, implantar, divulgar, manter atualizado e acompanhar as ações vinculadas ao plano de segurança do paciente; identificar riscos não clínicos; incentivar a notificação de reações adversas e realizar o monitoramento dos seus indicadores no APH.
Ainda dentro da área de competência, cabe a comissão, definir políticas, diretrizes e estabelecer barreiras para a prevenção de incidentes no APH; elaborar e viabilizar junto à administração a implementação de ações para instituir sistemas mais seguros, revisar o protocolo de assistência anualmente ou sempre que necessário e divulgar o protocolo da instituição.

Os integrantes nomeados para compor a Comissão de Segurança do Paciente são: Dione Glaura Japiassu de Almeida Nunes (coordenação médica), Rafaela Caldas Sousa dos Santos (coordenação de enfermagem), Walesca Dias Figueiredo Carvalho (enfermeira do NEU), Fabricio Jose Bastos (enfermeiro), Tania Galdino da Silva (técnica de enfermagem), Cassio Souza Alves (condutor) e Debora Lins de Almeida (TARM).

___________________________
Texto: Rosi Barreto
Fotos: Pedro Augusto