Prefeitura realiza ação para regularizar inadimplência de microempreendedores individuais

24/08/2017 | Assessoria de Comunicação

A Prefeitura de Itabuna, através da Secretaria de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente realizará, hoje e amanhã (24 e 25), uma ação visando regularizar a situação do recolhimento de impostos atrasados por parte dos microempreendedores. No estande que foi montado na Praça Otávio Mangabeira (Camacan), os contribuintes optantes pelo MEI terão acesso ao atendimento e orientações sobre as opções de parcelamento referente às taxas de contribuição em atraso. A iniciativa é resultado de uma parceria entre Sala do Empreendedor e INSS, com o apoio do Sebrae e acontece até a sexta-feira (25), no período das 9 às 17 horas.

O programa de microempreendedores individuais permite aos trabalhadores autônomos a sua regularização junto a Previdência Social com direito a benefícios como auxílio doença e salário-maternidade. O secretário de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente, John Vinícius Nascimento, ressalta que o MEI é uma importante alternativa no combate ao desemprego por estimular o empreendedorismo e a geração de renda de modo ordenado e organizado.

O secretário observa que os fatores que levam à inadimplência por parte dos optantes pelo MEI são diversos e que medidas como o parcelamento dos impostos atrasados são importantes alternativas no sentido de regularizar a situação dos contribuintes. Segundo John Nascimento, esta ação visa reduzir o índice de inadimplência e vai permitir ao trabalhador mecanismos para que ele esteja apto a receber seus direitos previdenciários em caso de necessidade. Para se tornar um MEI, o empreendedor tem de ganhar até R$ 60 mil por ano, o que representa uma média de R$ 5 mil por mês e pode ter até um empregado. É preciso ainda que o microempreendedor não tenha participação em outra empresa.

______________________________________

Texto: Wilson Júnior