O cuidado com o idoso e o hipertenso

02/08/2017 | Assessoria de Comunicação

Cuidar do idoso e do hipertenso, assegurando o direito a atendimento especializado para uma melhor qualidade de vida. Esta é a proposta do Programa Prosi/Hiperdia, da Secretaria Municipal de Saúde que desde o início do ano vem realizado atividades importantes para o sucesso do programa.

O trabalho começou com ações educativas por todos os profissionais da unidade, e o atendimento aos familiares e cuidadores, visando orientá-los sobre a patologia acometida ao familiar, assegurando eficácia ao tratamento, e contribuir para o fortalecimento do vínculo familiar.

A equipe tem realizado salas de espera para democratizar informações aos usuários, cuidadores e/ou familiares quanto ao funcionamento dos serviços, e reuniões com os enfermeiros da Atenção Básica sobre fluxos de pacientes diabéticos e hipertensos do município após cada mutirão. Além disse faz testes rápidos pela equipe do CERPAT nos pacientes e funcionários e participa da  campanha Nacional de doação de órgãos e tecidos.

 

Regulação do SUS

A readequação do quadro de servidores e a redefinição de fluxos de regulação/acesso ao usuário, incluindo mudança das instalações físicas para melhoria da qualidade do serviço e atendimento à população. Estas foram  as prioridades do Departamento de Controle, Avaliação e Regulação do SUS, para melhor servir à coletividade.

Outra ação considerada importante foi a discussão para renovação contratual dos serviços da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, e a alteração contratual com a Maternidade Ester Gomes.

 

Planejamento e gestão

Planejar e agir. Esta é uma das missões do departamento administrativo da Secretaria de Saúde de Itabuna, que começou o ano com o levantamento da necessidade de insumos, materiais, equipamentos e reformas para realização de processo licitatório. O setor também foi o responsável pela implantação do Ambulatório Psicossocial com atendimento multidisciplinar.

 

Perfil do Cidadão

Identificar o perfil de saúde da população trabalhadora, caracterizando o território, o social, econômico e ambiental, foi o primeiro passo que o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST) deu neste primeiro semestre do ano.

A unidade fez levantamentos, monitoramentos de risco à saúde dos trabalhadores e de populações expostas, acompanhamento e registro de casos, inquéritos epidemiológicos e estudos da situação de saúde a partir dos territórios; caracterização dos perfis de morbidade e mortalidade e sua relação com os ambientes e processos de trabalho e condicionantes ambientais.

Ao lado disse também fez análise da situação de saúde dos trabalhadores, identificando situações de maior gravidade e prioridades para o planejamento das intervenções e o Plano Municipal de Saúde com Análise da Situação de Saúde do Trabalhador.

Reuniões com os hospitais e unidades de saúde para avaliar as ações e evitar perdas de imunobiológicos; acompanhamento de estudantes da UESC e FTC em estágios supervisionado são outras das ações da unidade.

 

Assistência integral a portadores de HIV

O Centro de Referência em Prevenção, Assistência e Tratamento (CERPAT) é o responsável por consultas médicas nas áreas de: infectologia, urologia, hepatologia, pediatria, ginecologia além de fazer visitas domiciliar e hospitalar a pacientes portadores do vírus HIV/Aids. Nas campanhas de prevenção realizadas em festas como carnaval e para divulgação para prevenção das infecções sexualmente transmissíveis, HIV e Hepatites virais.

Também promove a distribuição de preservativos e folhetos educativos, faz palestra nas unidades de saúde e neste ano realizou o “Fique Sabendo”, uma campanha de tratamento medicamentoso gratuito para portadores de doenças como  Aids e Hepatites.

Média e Alta Complexidade

O Departamento de Média e Alta Complexidade coordena o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192), realiza atendimento às urgências pré-hospitalares e neste quadrimestre promoveu treinamento e capacitações com a equipe do SAMU para qualificação profissional por meio do Núcleo de Educação em Urgência.

E levou o SAMU para a comunidade com simulação sobre atendimento de motociclista e o mutirão da saúde do SEST/ SENAT. Também fez palestra informativa sobre acidentes de trânsito para os infratores de crime no trânsito e tem ainda na programação uma série de eventos a exemplo do SAMU nas escolas e nas empresas, além de ter promovido o I Encontro da Equipe de Enfermagem do SAMU 192.