Marimbeta intensifica ações em prol das crianças em situação de vulnerabilidade social

02/08/2017 | Assessoria de Comunicação

Tendo como foco um modelo de gestão participativa e democrática, a Fundação Marimbeta – Sítios de Integração da Criança e do Adolescente -, tem entrado numa nova fase de expansão das suas ações. A entidade tem um amplo histórico de atuação na sociedade itabunense, desenvolvendo ações educativas em prol de crianças e adolescentes que vivem em situação de vulnerabilidade social, através do atendimento nos quatro Sítios de Integração que estão situados em bairros periféricos de Itabuna (São Pedro, Antique, Fonseca e Nova Ferradas).

A presidente da entidade, professora Cleonice Moreira de Almeida, que também é presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, lembra a principal meta da Marimbeta, cuja gestão ela assumiu em 18 de abril, é proporcionar condições favoráveis para o restabelecimento de vínculos familiares e ao mesmo tempo oferecer atividades sócioeducativas para as crianças e adolescentes atendidos pela entidade.

“Estamos numa fase de reestruturação dos Sítios que estavam em uma situação lamentável. O Sítio I (Antique), por exemplo, será totalmente revitalizado, e do mesmo modo o Sítio V (Nova Ferradas), que terá sua padaria e as oficinas reativadas. Também será desenvolvido projeto de paisagismo e reforma geral”, informa. Criada com a proposta de oferecer atividades recreativas a menores carentes que não tinham ocupação no turno oposto ao das aulas, a Fundação Marimbeta tem trabalhado para ampliar as ações de educação inclusiva, criativa e recreativa.

“Encontramos uma média de 300 alunos matriculados e frequentes, mas graças a muito trabalho e ao apoio do prefeito Fernando Gomes já estamos atendendo 1200 crianças e adolescentes”, informa a presidente da Marimbeta. E acrescenta que entre os temas transversais abordados estão saúde, sexualidade, meio ambiente e integração da escola formal com os oficineiros. A oferta de um cardápio unificado entre os alunos da Secretaria de Educação com os da Fundação Marimbeta também é outro ponto destacado pela professora Cleonice de Almeida.

E lembra que o grande desafio da Marimbeta já está sendo enfrentado: “Estamos com nossas ações intensificadas para a ampliação e a valorização do atendimento das crianças e dos adolescentes, preparando-os para serem cidadãos ativos e participativos da sociedade, conquistando os seus ideais. E, além disso, estamos buscando a revitalização dos sítios, e para isso, contamos com o apoio das Secretarias de Administração e da Sedur”. A proposta do Secretário Dinailson Oliveira, titular da Administração, exemplifica a professora Cleonice de Almeida, “é transformar o Sítio V em um Centro Social para atender a comunidade de Nova Ferradas e adjacências”.

Oficinas

As oficinas sócioeducativas são oferecidas nos quatro sítios para crianças entre 07 e 14 anos. Já os adolescentes com idade acima dos 14 anos participam das oficinas profissionalizantes. As oficinas disponibilizadas pela Fundação Marimbeta são: dança, balé, capoeira, artesanato, serigrafia, artes verdes, informática, práticas desportivas e oficina de panificação.

A presidente finaliza ressaltando que a meta é ampliar a oferta de oficinas, para isso, está aguardando apenas a realização do processo seletivo simplificado. “O prefeito Fernando Gomes, com o seu olhar para os jovens, principalmente aqueles que estão em situação de vulnerabilidade social, com certeza dará o seu apoio para os projetos que estamos planejando executar”.

______________________________________

Prefeitura Municipal de Itabuna

Assessoria de Comunicação Social

Texto: Kaline Ribeiro

21 de Julho de 2017