Ação da SAS promove reencontro de rapaz desaparecido com seus familiares

18/05/2017 | Assessoria de Comunicação

Quatro meses. Esse foi o tempo de aflição, angústia e ansiedade que a família de Jilson Elias dos Santos passou. O rapaz de 42 anos saiu de casa em janeiro deste ano e desapareceu, deixando a família sem notícias e à espera de informações que levassem a encontrá-lo. A espera acabou na tarde desta quarta-feira (17) quando Jilson, que se encontrava na cidade de Campos do Goytacazes, no estado do Rio de Janeiro, finalmente regressou à sua cidade e ao seio da sua família.

O processo de identificação se deu através de um contato da prefeitura de Campos do Goytacazes com a Secretaria de Assistência Social (SAS) da Prefeitura de Itabuna, através da diretora do departamento de proteção especial social, Rosana Bandeira. A assistente social do serviço de abordagem social, Naima Vilas boas, que atuou em contato com a família de Jilson, informa que o rapaz possui doença mental e que já tinha o costume de sair e abandonar o lar sempre que deixava de fazer uso dos remédios.

Segundo a assistente social, o próximo passo é orientar a família quanto aos cuidados com a saúde mental dele. “Por falta do uso da medicação, ele teve esse comportamento de sair de casa e agora estaremos o encaminhando ao Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) para que ele seja medicado de modo a evitar esse tipo de transtorno novamente”.

Para a família foi um alívio saber que Jilson se encontrava bem. Ao reencontro, a emoção não pôde ser contida. Orlandi “Tafarel”, cunhado de Jilson, conta que todos os parentes chegaram a pensar que tivesse acontecido algo pior. ”Estamos felizes por ele ter voltado e por ver que ele está bem, pois chegamos até a pensar que tivesse acontecido algo grave, mas graças a Deus hoje pudemos reencontrá-lo com saúde e bem”, conclui.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

__________________________________

Texto: Wilson Junior
Fotos: Hélio Fonseca