Secretária de Saúde visita unidades visando priorizar obras de reforma

24/04/2017 | Assessoria de Comunicação

A secretária de Saúde de Itabuna, Lísias São Mateus,  tem visitado diariamente as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Unidades de Saúde da Família (USFs), a fim de conhecer de perto as necessidades imediatas e com isso priorizar serviços de reforma dentro do que for possível realizar com os recursos disponíveis. Ela esteve na USF Mário Peixoto, no bairro Jorge Amado, conversou com os profissionais de saúde e com usuários.

Nas visitas, ela tranquiliza a comunidade ao informar que o prefeito Fernando Gomes tem interesse e boa vontade em devolver a saúde na rede da Atenção Básica em condições melhores do que como foi encontrada. “Os problemas são muitos e estavam acumulados, mas estamos trabalhando dentro das possibilidades financeiras e esperamos entregar os postos de saúde em melhores condições, só peço mais um pouco de paciência”, argumentou Lísias.

Das unidades que já passaram por reforma, a USF Jacinto Cabral, no bairro Novo Horizonte, e a UBS José Édites, no São Caetano já tiveram os serviços concluídos, conforme informou o acompanhante de obras, Luciano Moura Cardoso. Por outro lado, na UBS José Maria de Magalhães, antigo Sesp, operários trabalham para a conclusão do muro ao redor do prédio, que foi removido por não oferecer segurança, inclusive a pedestres.

Após essa etapa, o prédio receberá pintura nova nas paredes interna e externa. A USF Aurivaldo Sampaio, no São Lourenço, também está com obras em andamento, mas sem previsão de conclusão. Lísias São Mateus diz que as obras que estão sendo feitas nos prédios das unidades de saúde ainda não são como o prefeito Fernando Gomes gostaria de fazer, já que a maior parte delas apresenta problemas de infraestrutura.

“Estamos tentando melhorar o máximo que podemos com os poucos recursos disponíveis para o setor, visando oferecer o mínimo de conforto para os trabalhadores da saúde e com isso eles terem condição de prestar um bom serviço aos pacientes que necessitam e que buscam os serviços na rede pública”. A secretária voltou a reforçar a importância da reestruturação da Atenção Básica como prioridade número um, porque, segundo ela, é perto de casa que o paciente deve procurar – e encontrar – o atendimento primário, como consultas, exames, vacinas entre outros procedimentos oferecidos nas UBSs e USFs.