Secretaria de Saúde intensifica ações de combate à Dengue em Itabuna

06/03/2017 | Assessoria de Comunicação

A Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Itabuna está intensificando as ações de combate ao mosquito aedes aegypti no município. O coordenador do Departamento, Roberto Góes, informou que o primeiro ato foi recolher os pneus inservíveis – que não há utilidade – da cidade, uma vez que o material representa o terceiro depósito preferencial do mosquito no Brasil.

Roberto ressaltou que a Secretaria de Saúde está dando atenção especial aos pneus porque foi feita uma parceria com a empresa Recicla Brasil, órgão pertencente a Agencia Nacional de Indústria Pneumática, e que tem experiência na gestão de resíduos, sendo responsável por operar atividades voltadas para a coleta, tratamento, transporte e destinação final. Desta forma, as empresas fabricantes do material retiram de circulação todos os pneus sem utilidades.

Cerca de vinte e duas mil toneladas de pneus são recolhidos por mês das ruas de Itabuna. Em seguida, são levados para a cidade de Buerarema, onde está localizado um eco ponto da Recicla Brasil. No local é feita a incineração dos pneus, e logo depois, sua matéria prima é distribuída em todo o país para diversos usos, entre eles, a criação da usina asfáltica em quadra sintética.

“Entretanto, os borracheiros precisam ter cuidado para não deixar os pneus expostos nas ruas, já que são focos geradores dos mosquitos. É preciso orientar e conscientizar a todos pelas retiradas devidas dos pneus da cidade”, disse Roberto Góes. Sobre os pneus que ficam na antiga ADEI (Administração dos Estádios de Itabuna), Roberto afirmou que é realizado um tratamento com inseticida em decorrência de estarem em local exposto, esses produtos tem como objetivo eliminar os focos.

Outra ação: Colocação de telas

Uma equipe está realizando trabalho focal nos bairros Carlos Silva e Andaraí, onde o índice é mais alto, 60%. Para o Coordenador de Endemias, Roberto Góes, o principal problema de infestação está dentro do imóvel, chega a 70%. Para tanto, uma equipe de Educação e Saúde, com 16 agentes, está realizando trabalho de conscientização com moradores e colocando telas de 200 e 260 metros em casa residência. Segundo o coordenador, as telas são fornecidas pelo Governo do Estado em parceria com o município. Na próxima segunda-feira, 6, será realizado um trabalho perifocal – aplicação de inseticidas com bombas de inox.