Saúde investe na reestruturação dos serviços e no combate ao aedes aegypti

02/03/2017 | Assessoria de Comunicação

A reestruturação da rede pública de saúde, a eficientização e melhoria da qualidade dos serviços prestados à população, bem como a intensificação do combate ao aedes aegypti, principal vetor de transmissão da dengue, zika e chikungunya são as atuais prioridades para o secretário municipal da Saúde em Itabuna, Vitor Lavinsky. Ele destaca como principal foco para o alcance dos objetivos propostos a gestão racional de recursos escassos e a implementação de um modelo de gestão profissional.

Em relação à infraestrutura da saúde e a melhoria da qualidade dos serviços, o secretário destaca que já foram colocados em funcionamento 20 dos 32 postos da Rede Municipal da Saúde e está providenciando a contratação de profissionais para suprir a demanda nas demais unidades desativadas. O município está investindo também na conclusão das obras, acabamento e mobiliário das duas Unidades de Pronto Atendimento – 24 Horas (UPAs), que estão sendo implantadas nos bairros Monte Cristo e Fonseca.

O maior problema na área da Atenção Básica, de acordo com Lavinsky, tem sido a dificuldade para a contratação de profissionais de Saúde, uma vez que os médicos bolsistas do Ministério da Saúde têm uma remuneração diferenciada e 150% superior ao valor pago para os contratados pela Secretaria Municipal de Saúde. “Essa diferença dificulta a contratação de médicos pelo município, que acabam desestimulados pela defasagem dos salários”, pontuou.

Quanto ao Hospital de Base Luiz Eduardo Magalhães (Hblem), Vitor Lavinsky disse que estão sendo realizadas gestões para credenciamento de serviços do Hospital junto ao Sistema Único de Saúde (SUS), como também a ampliação da parceria entre a Secretaria Municipal da Saúde e a Fundação de Assistência à Saúde de Itabuna (Fasi), entidade mantenedora do Hblem. Ainda segundo o secretário, não há nenhuma perspectiva para terceirização de serviços do Hospital de Base, que funciona como referência em urgência e emergência para o atendimento de pacientes de 168 municípios.

Combate ao aedes aegypty

Dentre as ações para o combate ao aedes aegypty, a Secretaria de Saúde promove na próxima segunda-feira (6) uma reunião com todos os secretários municipais e dirigentes de unidades da administração. Durante o encontro que acontecerá no gabinete do prefeito Fernando Gomes, no Centro Administrativo Firmino Alves, será apresentado um painel sobre as estratégias implementadas pelo município para evitar riscos de uma epidemia de dengue, zika e chikungunya, em função dos problemas detectados com o final do governo passado, que descuidou no trabalho de prevenção e combate efetivo à erradicação dos focos nos diversos bairros.

A ação proposta pela Secretaria de Saúde para o combate ao mosquito aedes aegypty envolve a integração entre as unidades do governo, com a sociedade civil organizada, e a mobilização da própria população como parceira de uma luta que é de todos os itabunenses.